Auto Coffee

Esse projeto visa atender a necessidade de solicitar café por uma dispositivo móvel

CONTEÚDO:
Esse projeto foi desenvolvido para a disciplina de “Resolução de problemas em engenharia I” sob tutela do professor Afonso Ferreira Miguel. Conforme a equipe discutia a viabilidade de projetos, surgiu a ideia de fazer uma máquina de chá e, por recomendação do professor, uma cafeteira. A questão é: quem tem tempo para fazer café nesse vai-e-vem do cotidiano? Aí veio a ideia de solicitar uma xícara a ser feita no horário pré-determinado por um smartphone, como solução para esse tipo de necessidade.

 

MATERIAIS:
* Arduinos e protoboards;
* Recipientes: metálico (aquecer água), de plástico (simulando caixa d’água caso não fosse possível retirar direto da torneira na apresentação), de papelão (para pós de café e açúcar;
* Madeira para dar suporte aos dois primeiros recipientes;
* Motores: servos (movimentação de copo) e de passo (liberação de café e açúcar);
* Sugru (para vedar recipientes e para segurar a broca que libera café no motor de passo sem desprender);
* Válvulas solenoide e bóia para controle da saída de água;
* Sensor de temperatura DS18B20 resistente à água e ebulidor para aquecimento;
* Porta-copos;
* Brocas, serra-copos, serra, resistores, diodos, relés, transistores e demais itens de aplicação.

 

CONCLUSÃO:
Apesar da ausência de apresentação, a validade da matéria se encontrou em ser possível crescer e correr atrás de seus próprios compromissos para com um projeto cuja data foi pré-definida e, portanto, assumir essa responsabilidade. É claro que alguns deslizes finais como a má integração entre os projetos mecânicos e a lentíssima dispensa de café através da broca poderiam ser previamente tratados, porém, a madrugada abateu a alguns colegas e estes optaram pela desistência. Assim mesmo, foi possível a cada pequeno detalhe funcionar. Alguns detalhes mais lentos, outros da forma desejada, embora não em conjunto.
Em conclusão, foi simultaneamente uma corrida contra o tempo e uma grande provação de superação em termos de limites que deixam claro o quanto um novo projeto poderia ser feito com uma delimitação de escopo e demais detalhes melhor definidos, em detrimento aos erros do semestre atual.

 

AUTORES:
– André Marcelo Guaringue
– Guilherme Alceu Xavier da Silv
– Celso Martins Inacio Junior

 

CONTATO:
– amguaringue@gmail.com

 

DOCUMENTAÇÃO:
Relatório Final