Master Chess

O Projeto Master Chess propôs o desenvolvimento de um jogo de xadrez que executa os movimentos das peças de forma automatizada

VÍDEO:

 

CONTEÚDO:
O Projeto Master Chess se constitui como um jogo de xadrez, onde o enxadrista disputa uma partida contra uma aplicação desenvolvida em java, a qual conta com uma Inteligência Aritificial baseada no algoritimo de poda alfa-beta. A movimentação das peças durante o decorrer do jogo é reproduzida em um tabuleiro físico, sendo que essa função é executada de forma automatizada, utilizando eletomagnetismo.
Para a realização dos movimentos no tabuleiro físico, são utilizados dois carrinhos de impressora, movimentados por dois motores de passo, permitindo a locomoção de um eletroímã em dois eixos. O eletroímã, quando ativado, atrái a peça correspondente à jogada inserida, a qual tem um parufuso inserido em sua base, servindo como material mangnético para atração.

 

MATERIAIS:
• Arduíno Mega 2560;
• 2 Motores de passo;
• 2 Carrinhos de impressora;
• Madeiras;
• Parafusos para madeira;
• Placa de vidro de 45×45 cm;
• Peças de Xadrez;
• Fio AWG 24;
• 1 Chave Allen;
• 2 Placas de fenolite;
• 1 Placa ilhada universal;
• 1 Push Button normalmente aberto;
• Conectores modul macho e fêmea;
• 2 metros de cabo flat de 10 vias;
• 1 Soquete DIP 18;
• 1 ULN2803;
• 8 led’s vermelhos de 5mm;
• 8 Resistores de 1000 ohms;
• 1 Relé AY1RC2;
• 2 Diodos 1N4007;
• 1 Resistor de 470 ohms;
• 1 Conector de parafusar;
• 1 Display LCD 16×2.

 

CONCLUSÃO:
O projeto Master Chess foi concluído de forma satisfatória e até mesmo excedendo expectativas. Este projetou apresentou um nível alto de dificuldade sob vários aspectos, mas principalmente na área da programação e na mecânica.
Por se tratar de um projeto relativamente complexo, pode-se dizer que foi bem sucedido. Apesar das dificuldades e dos obstáculos, gerados pelo fato da estrutura ser feita com peças mecânicas compradas e assim adaptadas e também pelo fato de ser usado eletromagnetismo, o projeto funcionou de uma forma muito interessante.
Caso a ideia do projeto, posteriormente, seja adotada, a utilização de um equipamento feito sob medida, como eixos ao invés de carrinhos de impressora, pode fazer com que os problemas encontrados neste projeto sejam resolvidos.
Desta forma, concluímos que a execução do projeto foi bem sucedida cumprindo todas as metas que foram definidas ao início do semestre, entregando, assim, um equipamento em funcionamento, além de adquirir um aprendizado imenso aos alunos envolvidos, o que com extrema certeza, será de grande utilidade tanto na execução de novos projetos integrados, quanto na vida profissional de cada um.

 

AUTORES:
– Gabriel H. B. Andrade
– Gustavo Ribeiro Siqueira
– Luís Felipe Nogoseke

 

CONTATO:
– ponto.critico@live.com
– gabrielhbandrade@outlook.com

 

user636_Codigo_Fonte.zip

 

IMAGENS: