Hivolt

HiVolt – Projeto desenvolvido para medição de temperatura de cabos de alta tensão.

VÍDEO:

CONTEÚDO:
Para nosso segundo projeto em Microprocessadores II pensamos em um projeto que tivesse uma utilidade alta, e que fosse algo inovador em seu mercado.
O projeto em questão propõe o desenvolvimento de um equipamento para medição da temperatura de cabos de alta tensão.Sua utilidade é forte pois é difícil de encontrar equipamentos para essa finalidade, e as empresas prestadoras de eletricidade precisam constantemente para suas atividades.

Outro aspecto relevante frente ao projeto é que, por conta das altas temperaturas dos cabos de alta tensão, ele também pode medir outros tipos de cabos pois sua estrutura é semelhante.

O principal objetivo do projeto é medir a temperatura dos cabos de alta tensão utilizados na distribuição da energia elétrica.

No projeto é utilizado o microprocessador AtMega8, por exigência de contrato, e pela facilidade de adaptação aos mais diversos seguimentos.
A interface é realizada pelos softwares programados em Assembly para controle de todas as aplicações do projeto..
Um dos principais desafios do projeto foi conseguir desenvolver a leitura da temperatura o mais próximo da realidade, e por se tratar de sensores e softwares sempre podem ocorrer interferências externas que acarretam na alteração da temperatura.

MATERIAIS:
* AtMega8
* Resistores, capacitores, bateria 5V e demais componentes básicos
* Sensor PT100
* Sensor de temperatura LM35
* Arduino Duemilanove
* Transmissor RF
* Conversor AD

CONCLUSÃO:
O presente trabalho proporcionou uma compreensão ampliada do controle de movimento de uma estrutura mecânica, do uso de microcontroladores, tais como o ATMega8, e a integração de hardware e software afim de realizar uma função.
No tangente ao trabalho como um todo fica claro a presença dos conhecimentos de forma integrada como os de fisica, no controle dos motores na estrutura, a disciplina de microprocessadores com o ensino de Assemby e a disciplina de sistemas digitais, que nos ajudaram na composição da protoboard e na integração de todos os sistemas.
Como resultado, podemos afirmar que o projeto obteve sucesso ao integrar todos os conhecimentos obtidos e também na iniciação em desenvolvimento de projetos acadêmicos, desde o pré-projeto até o resultado final.

AUTORES:
– Henrique Soares Hinke
– José Eduardo S. Rodrigues
– Matheus Augusto Q. Sene

CONTATO:
– eduvga10@gmail.com
– hhinke@gmail.com

DOCUMENTAÇÃO:
Documentação HiVolt

IMAGENS: