Projeto Cmt

O projeto CMT, referente ao quarto período do curso de Engenharia de Computação da PUC, propõe o desenvolvimento de um controle de trânsito magnético de uma cidade através de imãs e sensores de efeito hall.

VÍDEO:

CONTEÚDO:
Dirigir é um hábito comum no dia-a-dia das pessoas, seja por lazer, trabalho, emergência, ou qualquer outro motivo que leve a pessoa a um local “distante“ de sua localização. Porém, dirigir oferece seus riscos, colisões entre carros e pessoas que não respeitam as leis de trânsito. Visando isso, foi elaborado o projeto CMT, que consiste em imãs dispostos pela via e sensores nos carros, tornando assim mais fácil o domínio do veículo, reduzindo as batidas de trânsito e o excesso de velocidade. A idéia não é tirar o domínio do veiculo das mãos do proprietário, mas sim facilitar o uso do veículo, para que o condutor possa praticar algum outro tipo de atividade enquanto o carro é guiado pela pista, como por exemplo, ler um jornal enquanto o carro segue por uma via movimentada. Para este projeto, foi adquirido um carro de controle remoto, imãs de neodímio e sensores de efeito hall. Foi elaborada uma maquete onde nela foram desenhadas as vias, e em sua parte inferior, os imãs a serem fixados. Este pode ser um projeto útil que proporcionará conforto e segurança para os condutores de carros.

MATERIAIS:
• Fios para protoboard;
• Tubo de estanho 37,5cm;
• Cola quente;
• Arduíno;
• Arduíno Nano;
• Flat cable;
• Furadeira;
• Serra;
• Lixa;
• Servo motor;
• Parafusos;
• Lima;
• Carrinho de controle remoto;
• Placa de fibra de vidro dupla face 10×10 cm;
• Barra de pinos;
• Bornes;
• Base de madeira;
• Tinta;
• Pregos;
• Imãs de neodímio.

CONCLUSÃO:
Inicialmente, tivemos a idéia de confeccionar uma cidade magnética, mas esta foi abandonada por conta de seu alto custo. Com muita conversa e união do grupo, pode-se criar algo parecido, que não fugisse do tema padrão, porém mais viável para fins de aprendizagem. O grupo dedicou-se integralmente ao projeto. Tendo como base o cronograma previamente definido e uma boa organização, conseguiu-se um projeto útil aos motoristas e aos seus criadores. O projeto em si, parecia não ser complexo, mas os sensores de efeito hall, bem como sua programação, exigiram horas de pesquisa e dedicação. Após a conclusão deste projeto, obtivemos mais aprendizado referente ao conhecimento em varias matérias, trazendo também um amplo domínio do tema principal, sendo ele o eletromagnetismo.

AUTORES:
– Bruno Buckeridge
– Jonathan DIniz
– Henrique Duarte Lima
– Renan Moris Ferreira

CONTATO:
– jowdiniz@hotmail.com
– brunobuckeridge@hotmail.com

IMAGENS: