Elevador Eletro Magnético

O projeto é um elevador que utiliza a força magnética para se mover de um patamar a outro.

CONTEÚDO:
Essa movimentação ocorre devido ao fato de termos quatro bobinas alinhadas uma em cima da outra seus núcleos estão alinhados e no centro deles passa uma haste de acrílico, com um ferrite na extremidade inferior. O projeto possui uma outra bobina, esta é mais elevada e é responsável por empurrar o objeto do elevador, assim lembrando a idéia de automação.
Iniciamos o projeto integrado pensando nas possíveis maneiras de utilizar a força eletromagnética para movimentar um elevador. Primeiramente pensamos em utilizar uma bobina, quatro eixos (que serviriam como trilho do elevador) e um ímã ligado a base do elevador, assim nos estávamos utilizando o campo eletromagnético externo da bobina. Para implementar essa idéia resolvemos fazer a bobina, compramos fio de cobre esmaltado 17awg, ferrite para o núcleo , enrolamos o fio no ferrite e utilizamos uma fonte com tensão de 12v. O resultado não foi satisfatório, o campo que o nosso eletroímã produzia tinha uma intensidade muito pequena e foi inviável continuar essa idéia.
Após analisarmos melhor a força do campo eletromagnético do eletroímã percebemos que nós não estávamos utilizando adequadamente o campo do eletro ímã, para utilizar o campo eletromagnético de forma mais satisfatória decidimos aproveitar o campo que passa pelo núcleo da bobina. Com uma nova idéia formada partimos para a implementação.
Decidimos não fazer as novas bobinas, pois isso tomaria muito do nosso tempo, então decidimos comprar as bobinas. Ao comprar as bobinas explicamos nossa idéia ao fornecedor. Ele nos ajudou a otimizar a idéia. Agora a idéia foi ampliada, onde nós usaríamos 4 bobinas, alinhadas uma em cima da outra na vertical, e uma quinta bobina na horizontal mais acima.
A finalidade das bobinas alinhadas é fazer com que o elevador se locomova na vertical, e a quinta bobina é para dar uma idéia de automação ao projeto, onde ela é responsável por empurrar um possível objeto que o elevador levou, assim o objeto cai na rampa passa pela esteira e volta para o elevador.
Para controlar a altura do elevador utilizamos uma haste de acrílico com um cilindro de ferrite na ponta, esta haste ficou localizada no meio das bobinas. Agora ao ligarmos a bobina mais baixa, o campo eletromagnético empurra o ferrite para cima até uma certa altura, a próxima bobina é ligada e o ferrite sobe mais um pouco, a próxima é ligada e o ferrite sobe mais , assim até chegar a ultima bobina. Para não termos muito gasto de energia decidimos desligar as bobinas que a força eletromagnética não tivesse tendo efeito. Para isso implementamos um circuito para controlar as bobinas. Esse circuito utiliza quatro diodos ln4004, quatro resistores de 470 ohm, quatro transistores bc548 e quatro relés jx2rc3 24v 5ª.

MATERIAIS:
null

CONCLUSÃO:
O projeto foi de grande valia, pois através dele nós nos familiarizamos muito com a montagem de circuitos, com a transmissão de informação do computador para a máquina e com a idéia de automação. Mesmo sabendo que a força eletromagnética não é a ideal para mover o elevador essa implementação foi muito importante, pois reforçou os nossos conceitos sobre campo magnético e campo eletromagnético.

AUTORES:
– Gustavo H. D. Oliveira
– Thiago Fernando de Azevedo

CONTATO:
– gustavo_oliveira55@hotmail.com
– nazeve@gmail.com

DOCUMENTAÇÃO:
Elevador.pdf

IMAGENS: