Autoponto

O Projeto Autoponto consiste em elaborar um cartão de ponto que detecta uma pessoa a longa distância, diferente dos existentes no mercado onde é necessário passar o cartão no ponto ou aproximá-lo da central.

CONTEÚDO:
O objetivo de nosso projeto é a criação de um sistema de controle de freqüência (cartão ponto) de funcionários através da utilização de um sistema de transmissão por radiofreqüência. Como qualquer trabalho realizado, um dos objetivos principais do nosso projeto (Autoponto) é a aquisição e execução de conhecimentos. Utilizando-se da assistência dos professores das matérias participantes do projeto, dos conhecimentos adquiridos em sala de aula e de pesquisas realizadas pelos integrantes do grupo procuramos sedimentar a teoria durante a execução deste projeto.
O projeto Autoponto é composto por três elementos: Software, Central e Cartão. O primeiro é responsável pelo cadastro de usuários e o código de identificação de seus cartões, chamada dos cartões e interpretação dos sinais de transmissão e recepção da Central.Que por sua vez transmite as chamadas de acordo com as instruções do Software através de uma freqüência e recebe as respostas através de outra. E o Cartão é o identificador do usuário. Ele receberá as chamadas pela freqüência e verificará se deve ou não responder na em outra freqüência, de acordo com o código de identificação enviado pela central. Os cartões recebem o sinal enquanto o software e a Central aguardam a resposta.

MATERIAIS:
• 2 MC145027, Decoder;

• 2 MC145026, Encoder;

• 2 RT4, Transmissor;

• 2 RR3, Emissor;

• Mesa Digital;

• Protoboard;

• 2 CI 7404, not;

• 2 CI7474, Flip Flopy D;

• 2 Transistor BC458;

• Capacitores de 1microFaraday, 5,6, 22 e 100 nanoFaraday;

• 10 Resistor de 100K.

CONCLUSÃO:
Acreditamos que o nosso objetivo foi atingido, pois concluímos o projeto com sucesso. E após a realização do deste adquirimos um bom conhecimento sobre a transmissão de dados por radiofreqüência e sobre os tipos de modulação de onda utilizados. Nosso sucesso se deve em grande parte pela dedicação de todos os integrantes e do auxílio obtido tanto por colegas de classe como por parte dos professores que nos auxiliaram na busca de soluções criativas e práticas dos diversos problemas que dificultaram a execução deste projeto.
Apesar de termos concluído o projeto, nós enfrentamos diversas dificuldades e tivemos alguns complicadores. Um grande complicador durante a execução do trabalho foi a intenção de sofisticar muito o projeto, o que tomou grande quantidade de tempo. Uma dessas sofisticações foi à intenção de se utilizar de comunicação com o computador pela porta serial, o que gerou um grande esforço despendido e ao fim acabamos optando pela utilização da porta paralela. O que mais gerou atrasos para a execução do projeto foi a grande complicação gerada pela utilização de componentes vindos de São Paulo (RT4 e RR3), pois, devido ao grande lead-time que estes produtos têm que é gerado principalmente pela questão do transporte, qualquer ajuste a ser realizado no projeto demandava um grande tempo de espera.
Por fim, acreditamos que o projeto foi de grande valia para o nosso aprendizado, pois nos passa uma noção muito boa de como são realizados projetos em empresas. Projetos estes que dependem muito do espírito de equipe entre os integrantes do grupo responsável pela execução de da dedicação de cada membro na busca de soluções aos problemas.

AUTORES:
– Alexandre Perin M. de Souza
– Edson Procopio Junior
– Eduardo Voigt Grando
– Klystofer Ortega
– Luciano Motti
– Victor Serta

CONTATO:
– ale_perin@yahoo.com.br
– edson.procopio@pucpr.br

DOCUMENTAÇÃO:
Pr.pdf

IMAGENS: