Gráfico De Tartaruga

O objetivo do projeto é realizar movimento de qualquer objeto metálico utilizando motores de passo e um eletro-imã controlado via porta paralela do computador,

CONTEÚDO:
Inicialmente nos preocupamos com a forma com que o movimento seria gerado. Pensamos em fazer a movimentação com dois motores, cada um para cada barra, porém com essas duas barras grudadas.Verificamos que a melhor opção em nosso caso seria a utilização de motores de passo uma para cada barra, mas elas separadas. A vantagem deste tipo de motor é que é possível maior controle sobre seus movimentos, pois ele possui 4 bobinas que são ligadas/desligadas manualmente, sendo possível controlar a quantidade de “passos” dados de um movimento do motor.

Analisamos que, como o motor necessita de maior tensão e maior corrente do que os outros CIs que pretendíamos utilizar, precisaríamos de um componente ULN2003 que possui uma saída suficiente. Com o funcionamento dos motores compreendido o próximo passo seria analisarmos a melhor maneira de realizar a atração de peças metálicas. Decidimos utilizar um eletro-imã, pois desta forma é gerado um campo magnético apenas com a passagem de corrente elétrica. Para proteção da porta utilizamos optoacopladores (fotoacopladores) com fim de isolar nosso circuito do computador. O funcionamento de um optoacoplador se baseia em fototransitor, onde ele é ativado com a presença de luz. O CI 4n25 (optoacoplador) possui internamente um emissor de luz e um fototransistor, assim não há ligação física entre o circuito que vem da placa paralela e o nosso circuito.

O circuito do projeto possui um buffer tri-state(74LS244) onde se dá a entrada de dados para os motores e onde será selecionada a saída de acordo com o motor desejado, uma porta inversora (7404) que inverte o sinal do motor selecionado enviado para o buffer tri-state, dois ULN2003 que tem como objetivo fornecer a tensão e a corrente necessária para a movimentação dos motores e um relê que é utilizado para o controle do eletro-imã.

MATERIAIS:
3 Barras metálicas;
2 Motores de passo (24 Vcc, 6 fios, 90 Ω);
1 CI 74LS04;
1 CI 74LS244;
8 CI 4N25 (fotoacopladores);
2 ULN 2003;
1 Relé (Imput: 5 Vcc, Output: 30 Vcc – 2A / 120 Vcc – 1A);
8 Resistores 1 kΩ;
1 DB25 Fêmea (porta parelela);
1 Cabo paralelo;
3 placas de circuito impresso;
2 Correias;
1 Base de madeira;
Fontes de alimentação: 5Vcc, 24Vcc;
Software Microsoft Visual C++, para o desenvolvimento do programa;
Fios, cola quente, cola instantânea e outros.

CONCLUSÃO:
Neste projeto atingimos o nosso objetivo principal, que era o controle de motores por meio do computador. Ficamos muito contente com a realização do projeto pois podemos aprender de forma prática muitas coisas que ainda não sabíamos nas matérias que compunham a Projeto Integrado, verificando a grande importância do desenvolvimento de trabalhos práticos no currículo do curso. O grupo adquiriu um bom conhecimento relacionado ao componentes utilizados e a comunicação e controle utilizando-se a porta paralela. Pudemos ter uma idéia com relação a produção de um projeto real, desde seu planejamento a sua execução, vivenciando todas as suas fases e ficando ciente das dificuldades que possam vir a surgir.

AUTORES:
– Alexandre Perin
– Eduardo Grando
– Luciano Motti
– Victor Villela Serta

CONTATO:
– ale_perin@yahoo.com.br
– duhgrando@yahoo.com.br

IMAGENS: